Menu
Alguém poderia me ajudar para amanhã, TEXTO I De fato, deve haver alguma realidade natural (uma só
ou mais de uma) da qual derivam todas as outras coisas,
enquanto ela continua a existir sem mudança.
ARISTÓTELES. Metafísica. Giovanni Reale (Trad.). Loyola: São Paulo, 2002. p. 17.
TEXTO II
A existência singular não possui autonomia alguma,
não é nada de verdadeiro em si e para si, apenas algo
acidental, uma modificação. Mas o estado de coisas
afirmativo é que do um emerge todo o resto, que o um
permanece nisto a substância de todo o resto, sendo
unicamente uma determinação causal e exterior pela qual
a existência singular se torna.

HEGEL, Georg W. F. “Preleções sobre a história da Filosofia”. In: Pré-Socráticos.
Ernildo Stein (Trad.). São Paulo: Nova Cultural, 1996. p. 53-4.

Os autores fazem referência, nas passagens citadas, ao
conceito filosófico de arkhé, o qual significava, para os
pensadores pré-socráticos conhecidos como “filósofos da
naturezaLeitura Avançada
(1 Ponto)

diferenciação que perpassa todos os seres.

totalidade de tudo que existe e se transforma.

essência formal e ideal dos objetos empíricos.

princípio originário e fundante de todas as coisas.

movimento de particularização dos princípios gerais.
Clara Bento está aguardando sua ajuda.

­