Menu
Pergunta da faculdade, Cite benefícios e maleficios de se viver em uma sociedade
capitalista.​

1 Resposta

Resposta
1
  • Ambicioso

☆ Vantagens:

• A lei da oferta e da procura permite que o mercado tenha seu preço baseado naquilo que as pessoas mais buscam;

• A livre concorrência permite que as empresas não abusem de seus preços. Se o preço é alto em uma empresa, o consumidor procura em outra;

• Para obter mais lucro é preciso trabalhar mais. Isso depende apenas de você, o estado não se envolve nestas questões;

• Alta produtividade. Como a produção depende do lucro, os empresários querem produzir mais, para assim ganhar mais;

A tecnologia se desenvolveu. Isso foi possível pois a concorrência faz com que as empresas necessitem se diferenciar no mercado.

☆ Desvantagens:

• Injustiça social. A renda não é dividida de forma igualitária. Os críticos não se cansam de afirmar que, no capitalismo, “os ricos ficam mais ricos e os pobres ficam mais pobres”;

• Monopólio. Muitas empresas crescem de maneira gigantesca e muitas outras são praticamente "engolidas", pois não possuem condições de competir com as maiores. Ou seja, é mais fácil os "grandes" abocanharem os "pequenos". Exemplo disso são as fusões de empresas do mundo corporativo, mas há inúmeros outros casos, em nível micro-econômico;

• Consumismo. As pessoas se tornam materialistas, necessitando de produtos que muitas vezes não são importantes para elas. Pior ainda: há críticos que defendem a tese de que, na verdade, o capitalismo transforma as pessoas cada vez mais em coisas, em instrumentos de manutenção da "maquina do lucro". Quer um exemplo desse retrato? Assista ao documentário "Da Servidão Moderna", disponível no YouTube);

• Individualismo, isto é, a lei do "é cada um por si" é reinante no sistema capitalista. Diferentemente do que acontece em outros sistemas econômicos, nos quais a economia parece ser extremamente compartilhada, igualitária, no capitalismo, o lucro depende unicamente de homem, da sua força de trabalho (ou da compra da força de trabalho dos outros homens). Dito de outra forma, no capitalismo - segundo os críticos - o senso de individualidade parece muitas vezes se sobrepor ao senso de humanidade. Muitas vezes, as pessoas demonstram estar pouco interessadas nos problemas da sociedade como um todo.

­