História,
Com relação à escola clássica de pensamento econômico, assinale as opções corretas. Escolha uma ou mais:a. Para os fisiocratas, a classe burguesa era considerada como uma classe estéril, haja vista que a única capaz de produzir riquezas era a agropecuária. B. Adam Smith reconhecia o poder que as classes dominantes (burguesia e nobreza) exerciam sobre as decisões políticas, em detrimento das classes mais pobres. C. Um dos motivos da fisiocracia ter influenciado o pensamento econômico atual é o fato de terem elaborado uma teoria secular, ou seja, sem aspectos religiosos envolvidos nas explicações dos fenômenos sociais. D. As obras de Smith e Ricardo não agradavam à burguesia, haja vista sua defesa da nobreza e da classe trabalhadora. E. Na escola de pensamento clássico, prenominava a ideia de leis naturais regendo fenômenos econômicos. F. Para Adam Smith, cada agente agindo de acordo com seu próprio interesse, ocasiona o bem estar social geral, haja vista que a mão invisível do mercado atua de modo a regular as transações. G. Para Malthus, a distribuição de alimentos para pessoas carentes era condição fundamental para o desenvolvimento de uma sociedade. H. Os ideais de "Liberdade, Igualdade e Fraternidade", defendidos pela burguesia revolucionária na França, não incluíam, na prática, a liberdade econômica e social da classe trabalhadora. I. De acordo com as teorias elaboradas por David Ricardo, cada país deve tentar diversificar o máximo possível sua produção, de modo a diminuir sua dependência de comércio com outros países. J. Adam Smith defendia em seus escritos que a riqueza das nações tem como causa principal a quantidade de metais preciosos que o país é capaz de acumular.

2 Respostas

Resposta de: ,

• A nobreza, formada pelos donos dos feudos ou senhores feudais, era a classe mais alta do feudalismo.

• Na alta nobreza, temos a presença dos príncipes, arquiduques, duques, marqueses e condes.

Explicação:

OLÁ!!

A nobreza, formada pelos donos dos feudos ou senhores feudais, era a classe mais alta do feudalismo. Dona das grandes propriedades rurais, ela exercia poder absoluto sobre as demais classes. Dessa forma, a classe se dividia em suseranos, que eram os donos da terra, e vassalos, que eram os servos trabalhadores.Na alta nobreza, temos a presença dos príncipes, arquiduques, duques, marqueses e condes.

BONS ESTUDOS!!

Resposta de: ,

1) b) A abundância de fontes de energia. 

A alternativa certa é a "b". A Inglaterra tinha abundância de ferro e carvão em suas ilhas, elementos imprescindíveis para a fabricação das máquinas e como fonte de energia.

 

2) e) na substituição da maquinofatura pela manufatura.

Como o exercício pede a incorreta,  a errada é a alternativa "e". Na Revolução, aconteceu justamente o contrário. Foi substituida a manufatura pela maquinofatura, ou seja, o modo caseiro e à mão de se produzir foi sendo deixado de lado, dando espaço para a produção em série, realizada pelas máquinas.

 

3) Diferencie quanto ao seu papel na produção, burguesia e proletariado.

Simples. A burguesia representava a "chefia". Ou seja, eram deles os equipamentos, as máquinas, as ferramentas, a matéria-prima, etc. E o trabalhador, que representava o proletariado, apenas usava sua força física para auxiliar na produção e realizar movimentos que a máquina não era capaz de fazer, além de usar sua força física para inúmeros reparos. Em linhas gerais, quem "botava a mão na massa" era o proletariado, enquanto a burguesia só enriquecia com o trabalho alheio.

 

4) No plano social, a industrialização contribuiu para o surgimento de uma massa operária que se amontoa noschamados bairros proletários. Cite as mudanças na vida dos trabalhadores no ambiente das fábricas.

Os trabalhadores tinham que cumprir uma carga horária pesada, além de não terem nenhuma estrutura trabalhista e humana, tanto nas fábricas quanto em suas casas. Além disso, o salário era baixíssimo, servindo apenas como o "aluguel" da força de trabalho.

 

5) Explique como a situação política inglesa ajudou a fazer da Inglaterra uma potência econômica no século XVIII.

Vários foram os fatores. Podemos destacar os altos investimentos no campo marítimo, tendo a Inglaterra acesso a várias colônias, o que possibilitava o comercio direto entre elas. Além disso, com a vitória na Guerra dos Sete Anos, ela foi ampliando seus dominios aumentendo seu poderio. Além, é claro, da instalação precoce de um governo burguês.

 

6) A industrialização mudou o mundo: a introdução de 
máquinas alterou a economia, a sociedade e as paisagens no mundo. Contudo, as alterações no modo de produzir já estavam em curso desde o século XV no mundo europeu. Estabeleça as diferenças entre os sistemas produtivos doméstico, manufatura e maquinofatura.

No sistema produtivo doméstico, a produção é feita para autossustento, ou seja, o que é feito é apenas para consumo, e não para vender. A manufatura já trata de produtos feitos a "mão", ou seja, roupas, artesanatos, armas, etc, sem nenhum envolvimento da equipamentos. Já a maquinofatura, faz parte do contexto da Revolução, onde as máquinas passaram a dominar o sistema de produção. 

 

7) a) o advento das máquinas na produção industrial; o estabelecimento do capitalismo; a formação da classe operária.

A correta é a alternativa "A". As máquinas agilizaram a produção, sendo o peça fundamental da Revolução. Também estabeleceu-se o capitalismo, profundamente influenciado pelas teorias de Adam Smith. Ou seja, instaurou-se um capitalismo de mercado, substituindo o capitalismo comercial (mercantilista).

 

8) Assinale V (verdadeiro) ou F (falso). 
Simultaneamente ao processo de acumulação de capitais, provenientes do comércio de escravos, pirataria e da descoberta das minas na América, a Inglaterra reaplicou seus lucros entrando numa era de grandes transformações que se denominou de Revolução Industrial. O (s) fator (es) que levou (aram) as grandes mudanças foi(foram): 
(F) a pequena propriedade inglesa, na época dos cercamentos, transformou-se em latifúndio, que empregava mão-de-obra assalariada e produzia grandes quantidades de alimentos. 
(F) do aumento de produção agrícola destacaram-se alimentos destinados ao mercado externo e o algodão que atendia às colônias americanas. 
(F) o uso das máquinas atraiu às cidades um grande número de camponeses que, transformados em operários urbanos, vão participar de uma era de bonança e melhoria de vida material. 
(V ) a Revolução Industrial possibilitou a exploração dos centros urbanos a concentração do capital, não modificando, entretanto, a precariedade das condições de moradia, a alimentação do operário urbano. 
(V) a Revolução Industrial modifica o cenário das classes sociais: a aristocracia (nobreza), que estava no topo da pirâmide, cede seu lugar à burguesia industrial que agora ocupa seu espaço.

 

9) c) A aparição de uma nova classe social, o proletariado, desprovida de propriedade materiais. 

Correto. A partir da Revolução, apareceu uma nova classe. Mesmo que os proletariados tivessem uma vida urbana, e ganhavam salário, a vida era simples e pobre.

Resposta de: ,

1-letra (a)

2-letra (a)

3-letra (b)

4-letra (a)

5-letra (c)

espero ter ajudado

Resposta de: ,
A resposta correta é a letra A
Resposta de: ,
Sim havia, tanto no inicio quanto agora
Resposta de: ,
Orei mesopotâmico era considerado um representante dos já o faraó no egito era considerado um