1 - Leia com atenção a letra da música a seguir. A carne A carne mais barata do mercado é a carne negra (5 vezes) Que vai de graça pro presídio E para debaixo do plástico Que vai de graça pro subemprego E pros hospitais psiquiátricos A carne mais barata do mercado é a carne negra (5 vezes) Que fez e faz história Segurando esse país no braço O cabra aqui não se sente revoltado Porque o revólver já está engatilhado E o vingador é lento Mas muito bem-intencionado E esse país Vai deixando todo mundo preto E o cabelo esticado Mas mesmo assim Ainda guardo o direito De algum antepassado da cor Brigar sutilmente por respeito Brigar bravamente por respeito Brigar por justiça e por respeito De algum antepassado da cor Brigar, brigar, brigar A carne mais barata do mercado é a carne negra (5 vezes) ELZA SOARES. A carne. Salvador: Maianga, 2001. CD (3:39). QUER OUVIR A MÚSICA? O videoclipe está disponível no link http://youtu. be/yktrUMoc1Xw (acesso em 28 jul. 2021). a) Considerando o texto lido na Semana 2, identifique qual(quais) tipo(s) de racismo são retratados nessa música. b) No texto, há uma expressão que faz alusão a uma prática que visa adequar pessoas negras a pa- drões brancos de aparência e beleza. Copie os versos que contêm essa referência. c) Explique o que quer dizer o trecho “Que fez e faz história/Segurando esse país no braço, meu irmão”. d) Essa canção faz referência à falta de valorização e reconhecimento enfrentada pelo povo negro no Brasil. Marque as alternativas que representam estratégias que podem reverter essa situação. ( ) Valorização profissional. ( ) Desemprego. ( ) Ausência de programas de saúde pública. ( ) Acesso à saúde de qualidade. ( ) Ausência de postos de trabalho formal. ( ) Acesso à educação de qualidade. ( ) Ensino apenas das primeiras letras. ( ) Cotas raciais em concursos públicos. ( ) Dificultar o acesso aos melhores empregos. ( ) Liberdade religiosa. ( ) Valorização da beleza negra e de suas características. ( ) Imposição de uma aparência padronizada às pessoas. e) Observe esta parte da música: “Mas mesmo assim /Ainda guardo o direito /De algum antepas- sado da cor/Brigar sutilmente por respeito/Brigar bravamente por respeito/Brigar por justiça e por respeito/De algum antepassado da cor/Brigar, brigar, brigar”. Explique, com suas palavras, por que ainda é importante lutar contra o racismo no Brasil. urgente preciso pra agora, minha aula vai começar daqui a pouco
05/ 11/ 21

1 Respostas

Resposta
1
  • Ambicioso

Explicação:

Valorização profissional

Acesso à saúde de qualidade

Cotas raciais em concursos públicos.

Valorização da beleza negra e de suas características.

" Explique, com suas palavras, por que ainda é importante lutar contra o racismo no Brasil." No brasil precisamos combater a ignorância, o analfabetismo. Pois para mim só pode acontecer o que está acontecendo por ignorância. Não acredito que o brasileiro seja tão mau caráter assim.